Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Polícia para quem precisa...

Um morador da favela do Andaraí foi executado no meio de um tiroteio hoje pela manhã por um policial que confundiu o objeto que ele segurava em mãos! Sim, o homem da lei confundiu uma furadeira com 5m de fio, sem estar apontada para ninguém! Nunca use uma furadeira no meio de um tiroteio! O que o cidadão também, no meio do tiroteio, foi fazer com uma furadeira? Mas a notícia que li sobre o fato, nos remete ao despreparo da policia do RJ! Na foto ao lado o comandante do Bope - sim aquele da tropa de elite do cinema nacional! - tentando justificar a atitude do seu subordinado ao comparar a foto de uma arma com a de uma furadeira!

Não, não quero criticar os policias, jamais, nossos bravos guerreiros que recebem um soldo irrisório e um treinamento pífio, e são jogados nas ruas, sofrendo um pré-conceito da população, que é manipulada pela mídia com notícias das corrupções e atos de brutalidades dos homens de farda, aliás de alguns homens de farda malditos que sujam o nome de uma corporação, de uma profissão que deveria ser exaltada e apoiada!


Mas não basta a boa vontade e um Wagner Montes apoiando, para que tenhamos confiança na polícia! Casos como este citado acima, e outros tantos como o do ônibus no Jardim Botânico, ou até mesmo quando falamos de Brasil, do caso em SP da menina sequestrada pelo namorado, e morta, com a refém de 15 anos retornando a cena do crime após ter sido libertada, só nos entristece em ver a impotência do poder público em treinar os nossos bravos guerreiros, que cometem erros primários, por nervosismo e despreparo! Como esses policiais podem ser os representantes da lei nessas condições?

Resta torcer para que erros assim não ocorram mais, que investimentos sejam feitos no setor, etc e bla bla bla de sempre... é como torcer pela seleção do Dunga... a espera de um milagre, de lampejos de criativade de um Felipe Melo, Julio Baptista... Mas futebol é uma caixinha de surpresas, já a segurança nacional...

A violência nunca irá acabar, eu sei, e sempre haverá aqueles que irão contra a lei! Há até quem defenda que isso faz bem a sociedade, pois é o bandido que emprega diversas pessoas, se não houvesse quem roubasse, como ficariam os policiais, seguranças, jornalistas policias, juizes, advogados, promotores, carcereiros, a moça que faz o cafézinho da corporação... O delinquente é uma máquina de emprego, talvez por isso o governo não queira combater. Profissão Ladrão!

"A diferença entre a polícia e o bandido é que o crime paga melhor."
Autor Desconhecido
(por mim pelo menos, quem lembrar o cidadão que disse isso, divulgue!)

5 comentários:

  1. "A diferença entre a polícia e o bandido é que o crime paga melhor" .
    eis a frase que melhor se encaixa nessa situação.
    Sei que existem policiais que buscam fazer um trabalho bem feito e se empenham de verdade, mas isso é apenas a minoria.
    Concordo perfeitamente com você, o governo TEM SIM poder para acabar com essa bandidagem toda, mas porque isso não acontece? Porque dá lucro!
    A violência&cia da lucro ao governo. Odeio isso, de verdade.

    muuito bom o texxto.

    ResponderExcluir
  2. A violência nunca vai acabar por que ela é necessária e inerente ao homem. Desde o mais imbecil, que a usa para se impor, ao mais esperto, que faz dela uma maneira de resolver problemas mais rápido.

    Atos como esse do PM, que já esta em liberdade (porque se entregou e o nosso direito penal sempre passa a mão na cabeça de bandido), tem que ser punidos com extremo rigor.

    A sociedade tem que cobrar atitude da justiça. Só assim a ceguinha anda. Hoje um brucutu imbecil altamente treinado para matar estourou a cabeça de um cara que estava em casa com uma furadeira apontada para parede. Amanhã um guarda municipal sem licença pra porte de arma pode estar atirando na cabeça de uma criança porque ele levantou o dedão e apontou o indicador pra frente...

    Impunidade gera impunidade!

    ResponderExcluir
  3. Não quero contrariar vcs e óbvio q acho q o policial está errado, mas se o cara antes de morrer falou: "imagina se confundem a furadeira com uma arma" é pq já esperava q ela fosse confundida com uma arma logo após um confronto com bandidos a poucos metros, no mínimo poderia ter deixado pra furar a parede numa hora mais apropriada.
    Se coloquem no lugar do policial, o cara tinha acabado de ver vários bandidos armados e cinco minutos depois ia pensar oq?? q era mais um bandido armado né?!?!?

    Pra mim os dois estão errados, mas acho q policiais corruptos q fazem o mau de propósito merecem punições mt mais severas do que esse policial q tentou fazer o bem. Vão colocar um policial honesto na cadeia, enquanto outras centenas de policiais cometem crimes mt mais graves e ninguém faz nada a respeito??

    ResponderExcluir
  4. "A diferença entre a polícia e o bandido é que o crime paga melhor" .

    Frase muito bem posta. Infelizmente o Rio de Janeiro é um dos estados que paga menos aos seus policiais. Uma contradição!

    Mas de todos os modos, essa confusão foi um tanto prejudicial para a imagem da polícia. Sem sombra de dúvidas.

    ResponderExcluir
  5. Boa a frase, mas não de toda verdadeira.

    O policial errou? Sim.
    O Estado deve pagar pensão para a família? Sim.
    O policial deve ser punido? NÃO.

    Se eu to no meio de um tiroteio na favela, com arma na mão, se alguém apontar um cabo de vassoura pra mim, eu atiro sem exitar.

    Aquilo é uma guerra, os próprios favelados falam (escutem qualquer rap nacional). Em guerra, você mata e morre simplesmente por não estar do lado certo; se ainda estiver ameaçando o inimigo, o resultado esperado não pode ser outro.

    O erro aconteceu, mas é plenamente justificável.

    ResponderExcluir